Desempenho agronômico de híbridos de milho em dois locais da Costa central, Peru

Dionicio Luis, Tapia Doménica, Luisa Meneses, Larissa Cabral, Cristhian Duran

Resumen


Uma das alternativas para aumentar a produtividade de grãos de milho é a escolha correta do híbrido. O objetivo desta pesquisa foi avaliar o desempenho agronômico de três híbridos de milho (Zea mays L.) em dois locais da costa central, no Peru. O experimento foi desenvolvido em Quilmaná e Herbay Alto, departamento de Lima. Em cada local foi adotado o delineamento de blocos casualizados, com três tratamentos e quatro repetições. Os tratamentos foram representados pelos híbridos ATL 310 (híbrido triplo), DK 7088 (híbrido simples) e XB 8010 (híbrido duplo). Avaliaram-se as características da planta, da espiga e produtividade. Com os dados dos dois experimentos se realizou a análise combinado, previa avaliação da homogeneidade de variâncias, e as médias foram comparadas com o teste de Scott-Knott a 5% de probabilidade. Segundo os resultados, o DK 7088 obteve maior fileiras de grãos e grãos por espiga em Herbay Alto; enquanto que a maior massa da espiga e massa de grãos por espiga, foram obtidos pelos três híbridos em Quilmaná. Entre locais, a maior produtividade de grãos se obteve em Quilmaná; e entre híbridos, foi obtido por DK 7088. Conclui-se, que o melhor local foi Quilmaná; e o melhor híbrido, DK 7088.


Palabras clave


Zea mays; híbrido simples; DK 7088.

Texto completo:

PDF

Referencias


Araújo, A.V.; Junior, D.S.B.; Vaz Ferreira, I.C.P.; Costa, C.A.; Porto, B.B.A. 2013. Desempenho agronômico de variedades crioulas e híbridos de milho cultiva-dos em diferentes sistemas de manejo. Revista Ciência Agronômica 44(4): 885-892.

Araújo, L.S.; Silva, L.G.B.; Silveira, P.M.; Rodrigues, F.; Lima, M.L.P.; Cunha, P.C.R. 2016. Desempenho agronômico de híbridos de milho na região sudeste de Goiás. Revista Agro@mbiente On-line 10(4): 334-341.

Carvalho, I.R; Souza, V.Q.; Follmann, D.N.; Nardino, M.; Schmidt, D. 2014. Desempenho agronômico de híbridos de milho em ambiente irrigado e sequeiro. Enciclopédia Biosfera 10(18): 1144-1153.

Chura, J.; Tejada, J. 2014. Comportamiento de híbridos de maíz amarillo duro en la localidad de La Molina, Perú. Idesia 32(1): 113-118.

Edwiges, M.; Dallacort, R.; Marco, K.; Santi, A.; Fenner, W. 2017. Produtividade e características agronô-micas do milho em épocas de semeadura para segunda safra em Tangará da Serra, MT. Enciclopédia Biosfera 14(26): 560-572.

Emygdio, B.M.; Ignaczak, J.C.; Filho, A.C. 2007. Potencial de rendimento de grãos de híbridos comerciais simples, triplos e duplos de milho. Revista Brasileira de Milho e Sorgo 6(1): 95-103.

Food and Agriculture Organization of the United Nations. 2017. Crop statistics. www.fao.org

Fornasieri Filho, D. 2007. Manual da cultura do milho. 1era Edição. Editorial Funep. São Paulo, Brasil. 574 pp.

Forstopher, E.L.; Silva, P.R.F.; Strieder, M.L.; Minetto, T.; Rambo, L.; Argenta, G.; Sangoi, L.; Suhre, E.; Silva, A.A. 2006. Desempenho agronómico e econômico do milho em diferentes níveis de manejo e épocas de semeadura. Pesquisa Agropecuária Brasileira 41: 399-407.

Hanashiro, R.K.; Mingotte, F.L.C.; Fornasieri Filho, D. 2013. Desempenho fenológico, morfológico e agronômico de cultivares de milho em Jaboticabal-SP. Científica 41(2): 226–234.

Ministerio de Agricultura y Riego. 2017. Series históricas. Disponível em:http://frenteweb.minagri.gob.pe/sisca/?mod=consulta_cult

Pinto, A.P.; Lançanova, J.A.C.; Lugão, S.M.B.; Roque, A.P.; Abrahão, J.J.S.; Oliveira, J.S.; Leme, M.C.J.; Mizubuti, I.Y. 2010. Avaliação de doze cultivares de milho (Zea mays L.) para silagem. Semina: Ciências Agrárias 31: 1071-1078.

Seraguzi, E.F.; Lima, A.R.; Anselmo, J.L.; Alvarez, R.C.F. 2016. Desempenho de híbridos de milho na região de Chapadão do Sul, MS. Tecnologia & Ciência Agropecuária 10(4): 12-14.

Silva, A.F.; Schoninger, E.L.; Caione, G.; Kuffel, C.; Carvalho, M.A.C. 2014. Produtividade de híbridos de milho em função do espaçamento e da população de plantas em sistema de plantio convencional. Revista Brasileira de Milho e Sorgo 13(2): 162-173.

Silva, A.G.; Francischini, R.; Martins, P.D.S. 2015. Desempenhos agronômico e econômico de cultivares de milho na safrinha. Revista Agrarian 8: 1-11.

Silva, A.G.; Teixeira, I.R.; Martins, P.D.S.; Simon, G.A.; Francischini, R. 2014. Desempenho agronômico e econômico de híbridos de milho na safrinha Revista Agro@mbiente On-line 8(2): 261-271.

Superintendencia de Administración Tributaria. 2017, Operatividad aduanera. Disponível em:http://www.aduanet.gob.pe/cl-ad-itestadispartida/resumenPPaisS01Alias

Zucareli, C.; Oliveira, M.A.; Spolaor, L.T.; Ferreira, A.S. 2013. Desempenho agronômico de genótipos de milho de segunda safra na região Norte do Paraná. Scientia Agraria Paranaensis 12(3): 227-235.

Received March 8, 2018.

Accepted August 13, 2018.

Corresponding author: dibeli@hotmail.com (D. Luis).




DOI: http://dx.doi.org/10.17268/sci.agropecu.2018.03.05

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Indizada o resumida en:

  

 

   

 

Licencia de Creative Commons Scientia Agropecuaria revista de la Universidad Nacional de Trujillo publica sus contenidos bajo licencia Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 3.0.

ISSN: 2306-6741 (electrónico); 2077-9917 (impreso)
DOIhttp://dx.doi.org/10.17268/sci.agropecu

Dirección: Av Juan Pablo II s/n. Ciudad Universitaria. Facultad de Ciencias Agropecuarias. Universidad Nacional de Trujillo. Trujillo, Perú.
Contactosci.agropecu@unitru.edu.pe